5/3/14

PECADOS & CAPITAIS

A hipersexualização das imagens publicitárias, os programas de televisão e as revistas; a inclusão de personagens gays, lésbicas ou trans em novelas e filmes e, de outro lado, a extensão do matrimônio igualitário em diversos países e o desenvolvimento de espaços gayfriendlys nas grandes metrópoles, poderiam nos fazer acreditar que a sociedade contemporânea alcançou os ideais de “liberdade sexual” reivindicados nos anos 60. LEIA MAIS